Curso de

CONCILIAÇÃO E MEDIAÇÃO JUDICIAL

A FORMAÇÃO MAIS INTENSIVA DO BRASIL
 

ENTENDA

O curso de conciliação e mediação do Centro de Mediadores te habilita para atuar em Tribunais de Justiça e em todo o setor privado, ou seja, em conflitos judiciais e extrajudiciais. A formação também habilita ao aluno realizar cadastro no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e ser visto na grade de mediadores para todo o Brasil. Durante o treinamento o aluno passará por uma fase teórico-prático e depois um estágio que deverá ser realizado no Tribunal de Justiça, desenvolvendo habilidades/técnicas consciente e inconsciente de comunicação, negociação, conciliação e mediação.

CREDENCIADO AO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO

O Centro de Mediadores Instituto de Ensino é credenciado ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), reconhecido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (ENFAM) conforme comprovado neste link e no certificado acima/lado, sendo assim amplamente autorizado realizar formações em conciliação e mediação judicial e de família.

QUANTO

GANHA UM

MEDIADOR

  1. SETOR PRIVADO
    R$ 250,00 a R$ 1.000,00 hora mediada ou percentual do caso.
     

  2. SETOR PÚBLICO
    R$ 25,00 a R$ 150,00 hora mediada a depender do Tribunal.
    * ou poderá atuar de forma voluntária caso o Tribunal ainda não remunere.

     

  3. SETOR EMPRESARIAL
    Caso o Mediador queira empreender, poderá montar seu próprio escritório/câmara de mediação, sendo assim, poderá determinar os honorários e custas de cada sessão de mediação. 

     

  4. SETOR EDUCACIONAL
    R$ 50,00 a R$ 250,00 hora lecionada.

ONDE E COMO ATUAR?

ONDE

Tribunais de Justiça;

Cartórios;

Câmaras de Mediação;

Escritórios de Mediação;

Empresas Públicas e Privadas;

Conciliação e Mediação Online;

Locais afins.

COMO

Mediando em locais físicos;

Mediando online;

Empreendendo/Investindo;

Lecionando;

Consultoria de Conflitos;

Gestão de Conflitos;

Autônomo.

  • 1.

    Curso credenciado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT);

  • 2.

    Curso reconhecido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ);

  • 3.

    Curso reconhecido pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (ENFAM);

  • 4.

    Estágio garantido e realizado no Tribunal de Justiça;

  • 5.

    Crescimento pessoal e profissional com Mercado de trabalho aquecido com honorários gratificantes;

  • 6.

    Prática Jurídica para concursos  e possibilidade de abertura de concurso na área da mediação segundo o NCPC;

  • 7.

    Remuneração regulamentada para mediadores judiciais pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ);

  • 8.

    Cadastro no Conselho Nacional de Justiça;

  • 9

    Maior carga-horária de Brasília com 130h/a e Metodologia Vivencial com aprendizagem acelerativa;

9 motivos para você realizar o curso conosco

Prª. Anna Maria

Anna Maria Marques de Almeida, Advogada. Especialista em Integração Econômica em Direito Internacional Fiscal e MBA em Direito Econômico e das Empresas. Bacharelado em Teologia. Magistério em ensino superior. Mediadora e Conciliadora Judicial com registro no CCMJ do CNJ. Instrutora de Mediação e Conciliação Judicial,  com registro no Cadastro Nacional de Instrutores da Justiça Consensual Brasileira do CNJ. Instrutora na formação de mediadores e conciliadores judiciais no TJDFT. Mediadora Extrajudicial com formação em conflitos coletivos envolvendo políticas públicas, organizacionais e planejamento em negociações eficazes. Formação em Círculos de Paz. Supervisora de Mediação. Integra a lista de Mediadores do CEBRAMAR-Centro Brasil de Mediação e Arbitragem e atua como Instrutora. Assessora-Chefe na 2a. Promotoria de Justiça de Defesa da Educação no MPDFT, na área de mediação de conflitos no âmbito escolar, como mediadora e instrutora na formação de professores da rede pública de ensino e de servidores do Ministério Público como mediadores de conflitos extrajudiciais.

Prº. Manoel Pereira

José Manoel Pereira, Professor, com Licenciatura em Geografia. Especialista em Administração Escolar, Planejamento do Ensino Superior, Técnicas de Instrução. Bacharel em Direito com Especialização emDireito Público. Professor aposentado da SEDF, Exerceu o magistério superior por mais de vinte e cinco  anos em diversas disciplinas, por derradeira,   na disciplina Métodos Adequados de Resolução de Conflitos.  Mediador Judicial na área cível e atuação na Justiça Restaurativa – Área Criminal TJDFT- Supervisor. Instrutor de Mediação e Conciliação Judicial do CNJ. Mediador voluntário e colaborador nas oficinas de Divórcio e Parentalidade pelo CNJ com atuação no TJDFT. Supervisor de Mediadores em Formação. Multiplicador para o tema Prevenção ao Uso Indevido de Drogas, com formação em Educação Sexual e Prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Crescimento do ser humano, Desenvolvimento de Equipes e Gerência pela Qualidade Total. Instrutor, junto ao MPDFT-PROEDUC-GASE na formação de professores da rede pública de ensino como mediadores de conflitos no âmbito escolar.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

MÓDULO I – Introdução

Unidade 1 – Panorama histórico dos métodos consensuais de solução de conflitos
Unidade 2 – A política judiciária nacional de tratamento adequado de conflitos
Unidade 2 B – Considerações sobre a Lei de Mediação e o Novo Código de Processo Civil

MÓDULO II – O novo paradigma em resolução de disputas

Unidade 3 – Cultura da paz e métodos de solução de conflitos
Unidade 4 – Teoria da comunicação/teoria dos jogos
Unidade 5 – Moderna teoria do conflito

MÓDULO III – Resolução de disputas baseadas em competências

Unidade 6 – Breve contextualização das relações sociais na pós-modernidade
Unidade 7 – Conciliação
Unidade 8 – O processo de mediação
Unidade 9 – A fase inicial da mediação
Unidade 10 – O desenvolvimento da mediação

MÓDULO IV – Contexto e aplicação da Mediação

Unidade 11 – Áreas de utilização da conciliação/mediação
Unidade 12 – Interdisciplinaridade da mediação

MÓDULO V – A ética na conciliação/mediação

Unidade 13 – O papel do conciliador/mediador e sua relação com os envolvidos na conciliação e na mediação

MÓDULO VI – Simulações

MÓDULO VII – Inteligência Comportamental e Perceptiva

MÓDULO VIII - Estágio Supervisionado
 

O CURSO FUNCIONA EM 2 ETAPAS

CARGA-HORÁRIA TOTAL 130H

01

50h de aulas

TEÓRICO-PRÁTICAs

Aulas de Conciliação e Mediação + Inteligência Comportamental e Perceptiva.

02

80h de estágio

supervisionado

Desenvolvimento do estágio sendo realizado no Tribunal de Justiça.

Perguntas frequentes

O que é mediação?


Um meio de acesso à justiça, com foco em restabelecer a comunicação entre os envolvidos, sendo mais conhecido como método adequado de solução de conflitos (MASC). Estruturado pela lei 13.140/15 em vígor desde 2016, tem contribuído para a cultura de paz, hoje presente no judiciário e no setor privado.




Qual a motivação da Mediação?


Diante de 30 milhões de novos processos no judiciário todo ano, com aproximadamente 1 conflito a cada 2 pessoas no Brasil, totalizando 100 milhões de processos ainda sem resolução, e o impacto negativo da forma litigiosa de lidar com as questões, levou o Brasil a uma situação onde a atualização e a regulamentação de um meio de solução de conflitos fosse inevitável, já que as grandes potências mundiais já utilizam da mediação como forma adequada de resolução de disputas.




O que este profissional faz?


A mediadora e o mediador são agentes facilitadores da comunicação ao atuar nas questões, interesses e sentimentos dos envolvidos no conflito, conduz a uma relação ganha-ganha, onde os vínculos são restabelecidos entre as partes.




O curso é reconhecido?


Sim, nosso curso é credenciado ao: Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT); Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (ENFAM); Reconhecidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ); Autorizados pelo Ministério da Educação (MEC).




Quem pode fazer este curso?


Verifique em qual requisito se encontra e qual o título pode receber: * Para receber o título de Conciliador e Mediador Judicial/Extrajudicial o aluno deverá ser graduado a mais de dois anos em qualquer graduação reconhecida pelo MEC. * Para receber o título de Conciliador Judicial e Mediador Extrajudicial o aluno deverá ser graduado ou graduando a partir do 4º semestre em qualquer graduação reconhecida pelo MEC. * Para receber o título de Conciliador e Mediador Extrajudicial o aluno só precisa ser maior e capaz.





+MOTIVOS PARA NOS ESCOLHER

  • MAIOR CARGA-HORÁRIA DE BRASÍLIA

  • MAIOR PORTFÓLIO DE MEDIAÇÃO DO BRASIL

  • MAIOR NÚMERO DE MEDIADORES FORMADOS NO BRASIL

  • RECONHECIDO PELO SETOR PÚBLICO E PRIVADO

  • 3 CERTIFICAÇÕES INDIVIDUAIS

  • CONSULTORIA DE CARREIRA GRATUITA 

  • 1º LUGAR EM INOVAÇÃO NA MEDIAÇÃO

  • PIONEIRO NO BRASIL EM RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

  • METODOLOGIA DE ENSINO INTERNACIONAL

  • TRABALHAMOS EM PROL DO SUCESSO DO ALUNO

  • ENSINAMOS A VERDADEIRA MEDIAÇÃO

  • BÔNUS: IMERSÃO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

  • BÔNUS: WORKSHOP DE COMUNICAÇÃO NÃO-VIOLENTA

  • BOTTON PARA UTILIZAR NA SESSÃO DE MEDIAÇÃO

ÚLTIMAS TURMAS

CONOSCO O RISCO É ZERO

Sua satisfação nas 2 primeiras aulas ou seu dinheiro de volta.

ONDE O CURSO É OFERECIDO

BRASÍLIA / DF

INÍCIO EM JULHO/2020

SCS Quadra 6 Bloco A Lote 141 Sala 102 – Edifício Presidente – Asa Sul – Brasília/DF, 70327-900

ENSINO À DISTÂNCIA

INÍCIO IMEDIATO

* Este curso à distância é válido para conciliação e mediação extrajudicial.

 
ACESSO IMEDIATO AOS
PREÇOS E O CRONOGRAMA
arrow&v

© Copyright Institution 2015-2020. All rights reserved.

Desenvolvido por Centro de Mediadores

Endereço da sede: SCS Quadra 6 Bloco A Lote 141 Sala 102 – Edifício Presidente – Asa Sul – Brasília/DF, 70327-900

 

Fone : 61 3201-9496 / 98211-7507