Buscar
  • Centro de Mediadores

Mediando com Excelência

As 4 habilidades essenciais:


Para iniciarmos, faz-se necessário um breve conceito de Mediação. Mediação é uma alternativa para a resolução de conflitos, onde uma terceira pessoa, que é o mediador, busca reequilibrar a relação das pessoas envolvidas em um conflito, para que elas negociem e achem soluções eficazes para seus desentendimentos.


A Mediação não é algo novo, existe desde os primórdios, porém, a visibilidade tem crescido cada vez mais, até mesmo depois de todos os contratempos trazido pela pandemia, causada pelo Coronavírus. Com o crescimento da área, surge também a carência de bons profissionais. Mas quais são as habilidades necessárias para um mediador?


Vale primeiramente ressaltar que a Mediação é algo treinável, porém, a maioria das pessoas que se interessam por Mediação, na grande maioria das vezes, já exercem isso de forma automática, naturalmente. São pessoas com características de apaziguadores, conselheiros e reconhecidos pela família e amigos como alguém confiável e que sempre preza pela paz e diálogo.


Características fundamentais para um mediador:


1 - Ser um comunicador


O mediador precisa saber se comunicar e se expressar de forma clara, harmônica, tanto nas suas palavras quanto em seus gestos e atitudes. Além de ser um comunicador, ele é o responsável em coordenar a comunicação entre seus clientes.

O mediador age com neutralidade e imparcialidade, sabe que sua ação não é somente como um negociador e sim como alguém cujo o principal motivo é transformar a percepção das pessoas diante do conflito.


2 - Desenvolver uma escuta ativa


Ao profissional dessa área é essencial saber ouvir tudo com extrema atenção, ouvindo todos os lados da história com atenção, respeito, de forma imparcial, empática e confidencial, a fim de coletar informações, melhorando e facilitando toda a comunicação.

3 - Autocontrole e inteligência emocional


O mediador deve ter a capacidade de controlar suas próprias emoções em momentos conflituosos, para que assim ele adquira a capacidade de controlar o ambiente e as pessoas que está mediando.


4 - Empatia

Essa talvez seja uma das principais características que um mediador precisa desenvolver, simplificando, é ter a capacidade de se colocar no lugar do outro, de enxergar as coisas na mesma perspectiva que seu cliente, sem julgamentos ou juízo de valor.


O mediador é acima de tudo um facilitador, levando seus clientes a um empoderamento sobre seus conflitos e decisões e ao mesmo tempo há se ter a sensibilidade de levá-los a olhar além do problema, visando o restabelecimento do diálogo, e do respeito, havendo ou não um acordo.




Você deseja ser um mediador? Fale com nosso consultor especialista no link a baixo: ⇣

Falar com um consultor.



Referências:


]https://redeomni.wixsite.com/acadv/single-post/2017/03/01/o-bom-uso-da-empatia-na-media%C3%A7%C3%A3o-de-conflitos


http://www.publicadireito.com.br/artigos/?cod=bad5f33780c42f25


https://guilhermetavares.com.br/2019/06/18/10-habilidades-essenciais-para-o-sucesso/


https://juridicocerto.com/p/lucasandradelima/artigos/caracteristicas-essenciais-do-mediador-5121

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo